Notícias

Especialização em Gestão de Negócios moderniza empresas transportadoras

Conhecimento de ponta promove a gestão inovadora, com foco nos resultados


​O curso de Especialização em Gestão de Negócios, oferecido pelo SEST SENAT, está mudando a realidade do setor de transporte. Iniciativa da CNT (Confederação Nacional do Transporte) e do ITL (Instituto de Transporte e Logística), o curso é ministrado pela FDC (Fundação Dom Cabral). Grande parte do conhecimento aprendido em sala de aula já está sendo aplicada na gestão das empresas.

O curso tem como foco capacitar gestores e executivos das empresas de transporte e logística nas mais modernas técnicas de gestão de negócios, desenvolvendo as competências necessárias para tornar o setor mais competitivo.

Estudo realizado pela Fundação Dom Cabral para avaliar os resultados da especialização mostrou que 62,5% dos projetos de conclusão de curso (PAs - Projetos Aplicativos), elaborados pelos alunos, foram implantados parcial ou integralmente nas empresas de grande porte. Nas empresas de médio porte, o índice chegou a 80%. Outro dado importante mostra que 92,9% dos alunos consideram relevante ou muito relevante o desenvolvimento dos trabalhos finais e 95,2%, afirmam ser de suma importância para o setor de transporte. Entre os principais projetos que foram aplicados nas empresas de transporte estão: otimização de processos; integração de equipes; redução de riscos e cultura de resultados.

Professora de pós-graduação da FDC e responsável pelo estudo, Paula Oliveira, explica que a intenção da instituição é apoiar a implantação de projetos e verificar sua aplicabilidade. “É preciso que o curso tenha consequência. Os projetos precisam se aprofundar e serem executados nas empresas. Eles são desenvolvidos em grupo formados por participantes de organizações diferentes e cada empresa faz sua implantação de acordo com sua realidade. Além do ganho da execução do projeto, isso contribui para a troca de experiência entre os alunos e as empresas, trazendo uma nova visão sobre o transporte”.

O Presidente da CNT e dos Conselhos Nacionais do SEST e do SENAT, Clésio Andrade, ressalta a contribuição do curso para o avanço do setor de transporte. “Juntos, a CNT, o SEST SENAT e o ITL vêm investindo fortemente na formação de executivos e de jovens empresários para que o setor de transporte ganhe competitividade e seja capaz de prestar serviços cada vez melhores à sociedade. O resultado da pesquisa demonstra que estamos no caminho certo. Além de formar trabalhadores em cursos médios e de prestar atendimento social, estamos formando uma nova inteligência para o transporte. Estamos pensando no futuro do setor de transporte. É o que estamos chamando de novo transporte”, conclui.

Criado em 2014, o curso já formou mais 400 alunos e, atualmente, tem 10 turmas em andamento nas cidades de Manaus, Florianópolis, Belém, Campo Grande, Goiânia, Curitiba, Brasília, São Paulo, Belo Horizonte e Recife. Cada turma é composta de 40 participantes: gestores de empresas de transporte, representantes dos modais aéreo, ferroviário, rodoviário de cargas, passageiros, aquaviário e do setor de infraestrutura e logística.

Para 2017, estão sendo lançadas seis novas turmas em São Paulo (SP), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Belo Horizonte (MG) e Curitiba (PR). Após a finalização dessas turmas, o ITL terá capacitado mais de mil profissionais do setor de transporte.

O diretor-executivo do ITL, João Victor Mendes de Gomes e Mendonça, ressalta que a Especialização em Gestão de Negócios se soma a outros projetos do Instituto para modernizar e qualificar o setor de transporte. “O ITL está trabalhando em vários projetos, firmando parcerias com as melhores instituições do mundo, e o resultado da pesquisa mostra que estamos dando retorno ao setor. Além do aprendizado em sala de aula, o intercâmbio entre representantes dos modais traz um ganho para os profissionais e para as empresas”, finaliza.

O diretor-executivo da Sargata Transportes, Marcelo Vieira, terminou a especialização em abril, no Rio de Janeiro. Para ele, os benefícios do aprendizado são imediatos. “O enfoque que demos, a partir do estudo de uma empresa que encontramos em uma pesquisa de benchmark, foi de diminuição de custos e aumento de receitas por uso dessas ferramentas de gestão. Dessa forma, implementei um controle mais apurado de consumo de pneus, combustíveis e lubrificantes; associei gerenciamento de risco em uma melhor roteirização e melhorei o controle de documentação. Estou investindo mais em treinamento, otimizando os registros das ocorrências e preparando a empresa para implementar a telemetria. Tudo isso visando maximizar receitas e minimizar custos”, diz Marcelo.

Analista de recursos humanos da empresa Street Tour Transporte e Locação Ltda., Aline Faria de Paula Receputi, também fez a Especialização em Gestão de Negócios e diz que passou a ter novo olhar sobre o transporte. “ Desenvolvi uma visão empreendedora e criativa. O curso apresenta ferramentas, técnicas de gestão e maneiras práticas de se implementar e aplicar na empresa o que aprendemos em sala de aula. Já tivemos resultados positivos visíveis no campo da comunicação interna e na reorganização de processos”, conclui.

O curso de Especialização em Gestão de Negócios tem duração de, aproximadamente, 14 meses, com carga horária de 360 horas, sendo 20% ministradas a distância (72 horas) e 80% em encontros presenciais (288 horas). A parte presencial é realizada bimestralmente, durante cinco dias consecutivos (segunda a sexta-feira), das 8h às 18h.

Serviço

Estão abertas inscrições ao Curso de Especialização em Gestão de Negócios para turmas que serão realizadas em São Paulo (SP), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e, em breve, Curitiba (PR). Em Belo Horizonte (MG) a turma já está fechada.

por Carlos Teixeira
Revista CNT Transporte Atual